Relacionamento

Cultivando a Empatia

Cultivando a Empatia

Ser empático é mais que simpatia; é ser humilde, ter e desejar o amor, o bem e a alegria do próximo

A palavra empatia origina-se do termo grego empátheia, que significa entrar no sentimento. No dicionário Aurélio o significado da palavra empatia aparece como: Tendência para sentir o que sentiria caso estivesse na situação e circunstâncias experimentadas por outra pessoa.

O apóstolo Paulo já nos ensinava sobre empatia quando disse aos cristãos: “Alegrai-vos com os que se alegram, chorai com os que choram ” (Romanos 12:15).

Desta forma, a condição básica para sermos empáticos é sermos receptivos aos outros e simultaneamente sintonizados com o nosso interior, estando dispostos a conhecer tanto os outros como nós mesmos.

Mais do que simpatia, que é sentir com o outro, empatia é sentir como se estivéssemos dentro do outro.

Ser empático faz parte da natureza humana, por exemplo: quando vemos alguém sofrendo nos surge espontaneamente o desejo de ajudar, e isso acontece porque nesse momento reconhecemos no outro, alguém como nós e nos identificamos com ele.

Uma forma de ser empático é vibrar com as conquistas das outras pessoas, ter a capacidade do reconhecimento, da humildade. Faz parte da empatia desejar o bem de uma forma pura e verdadeira.

A música Amor Para Recomeçar gravada por Roberto Frejat (Barão Vermelho) diz em um de seus trechos: “Eu te desejo não parar tão cedo
pois toda idade tem prazer e medo, e com os que erram feio e bastante, que você consiga ser tolerante”.

Ser tolerante também é uma atitute empática, e um dos significados da palavra “tolerante” aparece no dicionário como: aquele que admite e respeita opiniões contrárias a sua.

No refrão da música Amor Para Recomeçar Frejat canta a seguinte frase: “Desejo que você tenha a quem amar e quando estiver bem cansado ainda exista amor para recomeçar”.

Mais uma vez percebemos na letra desta música uma situação empática: desejar amor, persistência e prosperidade para o próximo.

Roberto Frejat quando perguntado em entrevistas de onde veio a inspiração para a magnífica música informa que a base da letra foi tirada de um e-mail que andou circulando pela internet. O texto continha um poema creditado a Vitor Hugo, famoso poeta e romancista francês que viveu de 1802 a 1865, e que curiosamente tem o nome Desejo.

Segue um trecho do poema Desejo de Vitor Hugo onde fica evidente a base de inspiração para Frejat:

“Desejo primeiro que você ame, e que amando, também seja amado. E que se não for, seja breve em esquecer, e que esquecendo, não guarde mágoa. Desejo, pois, que não seja assim, mas se for, saiba ser sem desesperar.
Desejo ainda que você seja tolerante, não com os que erram pouco, porque isso é fácil, mas com os que erram muito e irremediavelmente. E que fazendo bom uso dessa tolerância você sirva de exemplo aos outros.”

Amigo leitor, vale a pena ler o poema de Vitor Hugo na íntegra, pois é maravilhoso.

Cultive a empatia, seja tolerante, deseje o bem para o seu próximo e afine-se para o sucesso!

Receba mais conteúdo de Fabiano Brum em seu e-mail!

Topo

Hey! Não perca nossas novidades!

Se inscreva abaixo e receba os melhores conteúdos gratuitos para seu desenvolvimento, promoções, eventos online e muito mais!